ColunistasJuliane ValloneSliderUP

6 dicas para vender para quem não quer comprar

Dicas simples e fáceis que podem fazer toda diferença no seu negócio

Neste artigo vou dar à você de presente 6 dicas para vender para quem não quer comprar.

6 dicas para vender para quem não quer comprar

Viver de vendas é um grande desafio atualmente, já não há mais espaço para tiradores de pedido.

Esses tiradores de pedido nada mais são do que pessoas acostumadas com um mercado com pouca concorrência, onde tirar o pedido automaticamente para o cliente  era de praxe.

Era necessário somente oferecer aquele pacote de produtos e serviços já pré-formatados, e pouco esforço era desprendido para fazer qualquer venda.

Hoje os tempos mudaram.Saber sobre os produtos já não é um diferencial, mais do que isso é necessário conhecer a fundo o seu cliente, até mais do que ele próprio para sobreviver e crescer.

Mãos à massa!

Conhecer essas 6 dicas para vender para quem não quer comprar e aplicá-las é um grande desafio, mas com muita persistência, dedicação e estudo é possível torná-las um hábito.

Dica 1: Faça com que o seu cliente se sinta especial.

O ser humano gosta de ser bem tratado, de se sentir importante. E o vendedor que deseja se destacar precisa se empenhar nisso.

Valorize seu cliente e faça com que ele perceba essa intenção.

Dica 2: Seja consistente e persistente. 

Não é porque o cliente não quis consumir seu produto naquele momento que você vai abandoná-lo.

Pelo contrário, é preciso ser consistente e persistente. Ele precisa sentir que tem seu apoio independente do ato da compra. Esteja sempre presente, coloque-se à disposição, seja solícito.

Fazendo isso genuinamente, oferecendo conteúdos e soluções naturalmente o cliente se sentirá na “obrigação” de lhe retribuir.

Dica 3: Seja um consultor e não um vendedor. 

Não tem mais espaço para fazer o mais do mesmo.

Se você identifica que o cliente está solicitando algo que você sabe que não irá atendê-lo porque você efetuará a venda? Somente para não perdê-la?

Caso tenha esse hábito, é melhor mudar de postura, Porque aí mora um grande risco de perder o cliente para sempre.

Preste consultoria, ou seja, se você entende que um outro produto seu vai atender melhor ao que ele precisa, exponha suas argumentações, faça-o entender.

Assim você construirá uma relação mais duradoura, com respeito e transparência.

Dica 4:  Foque no atendimento e não no produto.

6 dicas para vender para quem não quer comprar

Não é que você não precisa conhecer seus produtos, hein! De jeito nenhum…..

Entretanto, isso já não é o suficiente. Você precisa se diferenciar e para isso é importante que você foque no seu cliente. No atendimento.

Escute o que ele tem para dizer, o que você tem para falar não importa em um primeiro momento. Quanto mais você ouvi-lo, mais munido de poderosas informações estará.

E somente assim terá condições para prestar um atendimento de primeiro, tal qual ele jamais esquecerá.

Dica 5: Empodere seu cliente. Eduque!

Você gosta que alguém que nem te conhece direito diga o que você deve fazer?

Você pode até não se importar, mas muitas pessoas se sentem incomodadas. E a realidade é que seus clientes também não gostam.

Não é você quem deve dizer a eles o que é melhor, não é você quem deve definir o caminho que vão seguir, mas é você sim quem deve muni-los de informações e conhecimento.

Plante as sementinhas dia após dia, ensine, oriente, ofereça conteúdos, aí sim, no momento oportuno, eles próprios identificarão que você tem aquilo que eles procuram.

Naturalmente chegará o momento da colheita sem que você precise fazer muito esforço, menos ainda vender algo goela abaixo.

Dica 6: Esteja sempre disposto a aprender. 

Para aqueles que querem se aperfeiçoar a cada dia e que reconhecem que cada passo é uma nova oportunidade de se tornarem melhores e aprenderem mais, o sucesso acontece.

Se você acha que está pronto e que não tem nada mais para aprender, é preciso rever seus conceitos e avaliar sua conduta.

É preciso estar sempre disposto a aprender, especialmente quem trabalha com vendas, seja em ambientes corporativos, seja estando a frente do próprio negócio.

Acorde todos os dias buscando a cada momento aprender mais um pouco sobre os produtos que vende, sobre o mercado como um tudo e sobretudo sobre seus clientes/potenciais clientes.

É verdade sim que atualmente há muita concorrência no mercado, mas lhe digo uma coisa, há espaço para todos!

Isso não é ilusão, é realidade. Entretanto, saiba que quando digo todos , me refiro a todos que se comprometem, que se dedicam, que se esforçam e persistem.

O mercado está saturado? Está de verdade…..Mas de pessoas acomodadas que somente enxergam os obstáculos, as dificuldades e perdem de vista as soluções….

E você? Se enquadra em qual universo? Se é naquele das pessoas que focam nas soluções, então tenho certeza que colocará todas essas dicas em prática!

Um grande abraço e até a próxima!

Juliane Vallone

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar