Daniel BryanSliderTecnologia

Likes, métricas da vaidade?

Vídeo inspirado na versão beta do IG que pretende ocultar likes.

Muitos likes pode ser vaidade ou parâmetros para pautar e qualificar o discurso.

As redes digitais sempre tiveram a natureza da reputação – as estrelinhas – desde os games até as salas de bate papo.

Reputação é diferente de likes.

Os artistas, produtores, jornalistas, ao longo da história, encontraram motivação para produzir independente de fama e fortuna! Poucos serão popstar e mesmo assim continuam.

Comunicar e se relacionar, deveria ser o sentimento das redes. O sucesso é subjetivo! Uma resposta ao amigo pode valer mais do que ter mil seguidores.

A capacidade das redes de compartilhar e com rapidez é muito legal! Ninguém grava um vídeo para depois assistir sozinho em casa.

Mas será que essas medidas vão melhorar de verdade a nossa experiência com as redes sociais?

Sou um pouco pessimista, acredito que por trás dessa vontade de melhorar existe um desejo em manter seus usuários e não querer ser substituído por uma nova rede mais eficiente… em outras palavras: eles estão gerando novas formas de ganhar dinheiro com você!

A era do lucro em cima de amizades e as publicidades intrusivas têm que acabar!

Se marcas querem públicos como influencers, que tal conquistar?

As plataformas como IG deveriam ter ajustes nos algoritmos para induzir a melhoria no discurso, a criatividade, conhecer melhor seu público… as ferramentas hoje para isso são externas e caríssimas… e ter feito um jeitinho para esconder o que incomoda.

E vc, o que acha dessa mudança?

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar