ColunistasRodrigo ManciniSlider

Resultados extraordinários não dependem somente de boas estratégias

Já desistiu das metas e objetivos para 2019 ou está esperando o Carnaval passar para iniciar o seu planejamento?

Já estamos na metade de fevereiro e você está esperando passar o carnaval para colocar em prática os planos e metas do ano ou já desistiu? Isso não seria estranho, quantas vezes iniciamos o ano com grandes projetos e desistimos nos primeiros obstáculos? Como podemos dar o primeiro passo e manter a determinação para alcançar resultados extraordinários?

As diretrizes necessárias para colocarmos em prática tudo o que planejamos podem ser encontradas em apenas três livros de fácil leitura, que apesar de temáticas e autores diferentes, os conteúdos se relacionam e se complementam. E claro, é preciso praticar o que se aprendeu.

Se começamos o ano cheio de entusiasmos e boas intenções, e desanimamos logo nos primeiros empecilhos, ainda que tenhamos talento necessário para o sucesso, é porque nos falta garra, de acordo com Angela Duckworth, em seu livro “Garra: o poder da paixão e da perseverança”.

Sem despertar a garra ou o esforço em nós, os nossos projetos não passarão do que poderíamos ter feito, mas não fizemos. Por isso, com inúmeros exemplos, a autora nos ensina como conseguimos transformar nosso talento em habilidade produtiva e determinação, virtudes necessárias para que planos otimistas não terminem no cesto do lixo.

Mas, diante das adversidades que minam a nossa energia diariamente, como cultivar e manter o esforço, o ânimo?  Isso, Gary Keller nos orienta em seu livro “A única coisa: o foco pode trazer resultados extraordinários para a sua vida”. Ele traz algumas técnicas e orientações, que fogem aos clichês mais comuns, para que tenhamos força de vontade suficiente e foco nos resultados almejados.

Uma delas, é sobre a importância da alimentação saudável para a manutenção da força de vontade. Baseado em pesquisas realizadas pelo “Journal of Personality and Social Psychology”, concluiu-se que as decisões e os obstáculos do dia a dia esgotam a nossa força de vontade e que o alimento que ingerimos é fator-chave para reabastecê-la.

Os estudos apontaram uma queda evidente nos níveis de glicose, na corrente sanguínea, de pessoas que foram submetidas a situações que consumiam sua força de vontade. Por isso, o ideal é consumir durante o dia alimentos ricos em carboidratos complexos e proteínas. De preferência acompanhado de exercícios físicos e uma boa noite de sono.

E se você está pensando que educado para a garra e com uma dieta que garante força de vontade o sucesso estará garantido, enganou-se! É o que nos mostra Carol S. Dwek, em sua obra “Mindset: a nova psicologia do sucesso”. Segundo a autora, o esforço é de extrema importância, mas não chega a ser tudo se não aliarmos a ele uma mentalidade de crescimento.

Ou seja, precisamos ter ou desenvolver tolerância a erros, críticas ou percalços. Além de disposição para melhorar sempre. Com este mindset, mesmo em momentos de aflição, estaremos dispostos a assumir riscos, enfrentar os desafios e continuar a se esforçar.

Em outras palavras, para colocar em prática todos os objetivos a que se propõem, não basta ter talento e planejar corretamente, é preciso esforço, aprendizado e aperfeiçoamento constante. E por fim, ao chocar-se com uma barreira, adote a mentalidade de um campeão: alimente-se bem, tenha humildade de aprender com os erros e tente novamente!

 

Rodrigo Mancini
Rodrigo Mancini é economista, Mestre e Doutor em geografia econômica, empreendedor e empresário.

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar