Adriana ValeColunistasSlider

Quem vem primeiro? Pessoas ou processos?

Ambas as variáveis são essenciais para um negócio, mas saber priorizá-las pode fazer toda a diferença

Existe uma célebre frase que diz que “pessoas são o maior ativo de uma empresa”. E de fato é verdade, porque sem pessoas, não há quem conduza o negócio. E mesmo que a empresa seja de base tecnológica, sempre tem que ter o profissional habilitado a apertar o botão. E também é sabido que processos são fundamentais para alinhar o trabalho e garantir a padronização na sua execução e ganho na produtividade. Mas pensemos por um minuto: o que vem primeiro? Pessoas ou processos?

Se uma empresa primeiro cria os processos, ou seja, a ordem em que as tarefas serão executadas, em um segundo momento, as pessoas que vão realizá-los terão que ser treinadas e uma vez definidos os, também poderemos saber quais são as competências necessárias nos profissionais para que eles funcionem da forma mais otimizada possível.

Por outro lado, quando a empresa já está bem estabelecida no mercado e já tem uma equipe atuante, os processos deverão respeitar as competências dos profissionais e não menos importante, a cultura corporativa da empresa, para que todas as variáveis estejam alinhadas.

Em suma: a ordem dos fatores altera o produto e depende basicamente do estágio em que a empresa se encontra. Se ainda não há um negócio bem estruturado, realizar esse passo é começar a criar sólidos alicerces e praticamente garantir bons resultados. Mas se a empresa  já  tem uma equipe engajada, mas que precisa ganhar fôlego, produtividade, agilidade – os processos devem ser criados com base no que já é realizado rotineiramente, para  que  a  transição  seja  suave  e  não  um  fardo  para  todos  e  criando  até  mesmo resistência.

Um bom gestor deve saber em que posição seu negócio se encontra e buscar a melhor solução para a instituição sem se esquecer de que “pessoas são o maior ativo de uma empresa”.

Saiba mais sobre Adriana Vale clicando aqui.


Adriana Vale, mentora de negóciosmestre em Gestão de Negócios, profissional com 21 anos de mercado, empresária, professora de pós graduação, mentora e avaliadora de várias bancas consagradas no mercado; trabalha com projetos de viabilidade e posicionamento de negócios e criou um programa de gestão de negócios eficiente.

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar