SliderUP

As 5 regras de ouro para ter um time engajado

*Por Sandro Libardoni

Copa do Mundo! Uma excelente oportunidade para analisar as estratégias utilizadas com seu time na empresa.

Você já deve ter lido ou ouvido a frase de Michael Jordan, que diz “O talento vence jogos, mas só o trabalho em equipe ganha campeonatos”. Pois bem, tenho observado a crescente busca das empresas, seja no Brasil ou no exterior, por profissionais altamente qualificados para gerenciar projetos ou liderar grandes equipes. Vejo isso com bons olhos, levando em consideração que a qualificação técnica é um dos principais fatores para o sucesso de uma empreitada. É através dela que temos a segurança de cada processo que deve ser realizado, de cada passo a ser dado. Conhecimento técnico faz cada projeto ter um nível de sucesso acima da média, sem ter que perder tempo com revisões e reviravoltas que podem resultar em atrasos ou recomeço e até mesmo fracasso.

Porém, como citei acima, conhecimento técnico é um dos principais fatores do sucesso. Mas longe de ser o único. Conhecimento técnico sem conhecimento humano, sem a capacidade de entender as pessoas que irão desempenhar cada tarefa para a concretização da meta, não vai adiantar. Pense comigo: você contrata um profissional altamente gabaritado para administrar um projeto. Ele, tecnicamente desenvolve brilhantemente sua função, mas não sabe lidar com pessoas, não sabe administrar conflitos, não sabe ouvir. Agora, me responda: adianta termos um projeto técnico brilhante, mas na hora do desenvolvimento não termos o mesmo desempenho?

O que estou querendo dizer é que muitas empresas pagam um preço muito alto por não observarem este detalhe, ou seja, possuem um projeto excelente, porém, focam apenas na parte técnica. Lembra-se da frase do Michael Jordan, que talento vence o jogo, mas o trabalho em equipe vence o campeonato? Isso quer dizer que, para um projeto dar certo, é fundamental montar um time completo, composto por cada profissional em sua área de atuação, como se estivesse montando um time para disputar um grande campeonato.


Assista: Liderança e empreendedorismo com Ricardo Resstel


Observando os jogos da Copa do Mundo, temos a prova real do que estou querendo dizer. Um exemplo clássico que podemos observar é a seleção de Portugal, que tem o melhor jogador do mundo atuando, um profissional respeitadíssimo, com todos os olhos voltados para ele quando Portugal entra em campo. Mas, aí faço duas perguntas: Isso ganha jogo? Até sim, pois ele geralmente faz gols em suas partidas. Isso é o principal para ganhar a Copa? Não! Isso apenas não basta! É preciso ter alguém que o sirva, que o alimente com boas bolas na frente do gol, um goleiro que faça boas defesas, uma equipe de defensores que blindem o time, um meio campo para organizar, laterais para defender e atacar quando possível. Então, podemos confirmar que é apenas com uma equipe qualificada trabalhando coletivamente que iremos vencer o campeonato.

Sabemos que para ser campeão é preciso vencer todos – ou a grande maioria – dos jogos. Mas, e se em um jogo decisivo o seu único craque não está bem e nem entra em campo, o que o time fará? De que adiantou nos jogos anteriores seu craque fazer lindas jogadas, mas no jogo decisivo ele não entrar em campo ou ter uma atuação apagada? Se o seu time não tiver outros jogadores engajados, capacitados, reconhecidos e motivados, correrá sérios riscos de perder o campeonato. Isso faz sentido para você?

Por isso, para te ajudar a montar uma equipe engajada na busca das vitórias e, principalmente, na busca do campeonato, listei cinco regras de ouro para ter na sua empresa um time campeão. Vamos a elas:

1- Evite estrelismo
Evite direcionar os holofotes apenas para alguns. Na hora decisiva, você precisará contar com o esforço máximo de todos. Apenas um não ganhará o campeonato.
2- Reconheça e valorize cada esforço

Existem várias formas de motivar sua equipe. Claro que um aumento no salário é sempre bem vindo, mas já experimentou valorizar o seu pessoal? O reconhecimento tem um poder mágico, faz o profissional sentir-se vivo e, principalmente, parte integrante do projeto, sabendo que seu trabalho está sendo visto.

3- Ouça a todos

Um dos grandes trunfos de um líder é saber ouvir. Isso não quer dizer que a ideia ou opinião de todos será acatada e implantada, mas trará várias boas ideias que, juntas, podem se transformar em excelentes resultados.

4- Una conhecimento técnico e conhecimento prático

Não adiante ter a teoria, mas não saber como executá-la na prática. Unir o conhecimento teórico com o conhecimento prático é um dos grandes segredos para sua empesa se destacar e o seu projeto ter sucesso.

5- Comemore os resultados

Sabemos que uma das melhores formas de motivar as pessoas é através do reconhecimento. Sendo assim, comemorar os resultados é uma regra valiosa. Quando seu colaborador percebe que seu esforço valeu a pena e que isso foi reconhecido, tende a repetir o feito em outros projetos.

As pessoas são assim, precisam ser estimuladas. Agora, imagine se você focar apenas no jogador principal, reconhecer, premiar, dar festas e viagens de prêmio apenas para o principal. Como ficarão os outros? Lembre-se: o talento vence jogos, mas só o trabalho em equipe ganha campeonatos.

*Sandro Libardoni é palestrante e consultor especialista em motivação humana, analista comportamental e Coach. www.sandrolibardoni.com.br

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar