Saúde

Concentração virou trabalho árduo

Concentração virou trabalho árduo

Psicóloga organizacional Wiwi Parra explica o impacto da convergência 4.0 na saúde e as cobranças do novo mundo em relação à mente produtiva

Quem nunca se deparou com diversas atividades para realizar ao mesmo tempo e não soube por onde começar? Imagine a seguinte situação: você está escrevendo um e-mail, o telefone toca, você atende cordialmente, enquanto escuta a conversa sem muita atenção, permanece escrevendo. Seu colega de trabalho chega e acena, a janelinha do Skype ativa com uma nova mensagem e seu celular vibra, é o WhatsApp com uma foto de bom dia do grupo da família. “Alô, você ainda está na linha?”

Exatamente, quando não gerenciamos bem nosso tempo e nossas tarefas, a vida pode tornar-se um verdadeiro caos e ao final do dia a sensação de exaustão e de que nada foi feito, sobressai.

A concentração virou trabalho árduo em um mundo hiperconectado, imediatista e com um volume de informações cada vez maior, que justifica o boom de ansiedade na população e os bugs que o cérebro dá, por ter suas limitações.

A psicóloga organizacional Wiwi Parra fala sobre ‘Mente Produtiva’ e sobre a importância de exercitar a qualidade da atenção plena com base em exercícios fundamentados pela neurociência. “Muitas vezes não sabemos o funcionamento da mente, suas particularidades, e como reage diante da enxurrada de estímulos advindos hoje pela Sociedade da Informação e a da Transformação Digital ou Convergência 4.0. Esta nova era – que já iniciou – tem exercido impactos diretos na qualidade de nossa atenção frente à qualidade dos resultados, no manejo do estresse e nos relacionamentos interpessoais”, explica Wiwi Parra.

A profissional também ressalta que a quantidade de informações que recebemos diariamente vem sobrecarregando demais o cérebro. “A consequência disso é o aumento exponencial das doenças relacionadas ao estresse e prejudiciais à saúde mental, psicológica, emocional e física da humanidade”, acrescenta à profissional.

Você já parou para pensar em quanta informação recebemos em 60 segundos? O volume de informações e operações que são efetuados na internet nesse curto espaço de tempo é descomunal e aumenta de modo vertiginoso. Segundo a Intel, em apenas um minuto, são vistas 20 milhões de fotos, escutado o equivalente a 61.141 horas de música, enviados 204 milhões de e-mails e realizados dois milhões de buscas no Google. E um estudo feito por um dos maiores fabricantes de circuitos integrados, revela que a cada 60 segundos são transferidos 639,8 mil gigas de dados no mundo.

Wiwi Parra ainda explica, do por que tanto ouvimos falar em mente produtiva. “Há um interesse em tentar resolver uma equação e como descobrir a fórmula de produtividade, ou seja, uma mente mais eficiente focada e atenta, sem comprometer a saúde mental, psicológica, comportamental das pessoas. Promover a qualidade de vida, com saúde e bem-estar”.

No âmbito trabalho que é o mais comum passar por esse tipo de situação, a discussão está em como tornar equipes mais eficientes e focadas, agregando maior produtividade, sem comprometer a saúde.

Talvez não exista uma fórmula para chegar à concentração, pois cada pessoa se adapta de forma diferente. Mas a profissional explica a importância da administração das emoções e estresse e a relação com a produtividade e desempenho. “Saber conhecer a si mesmo, seus sentimentos, as coisas que o motivam, que o desanimam, seus pensamentos disfuncionais (crenças limitantes), qualidades, fragilidades o ajudam a lidar melhor consigo, investir em autodesenvolvimento para minimizar gaps e potencializar seus pontos fortes”. Além disso, sugere a importância de incluir práticas regulares de meditação como hábito saudável para a mente.“As práticas meditativas de mindfulness ajudam muito no fortalecimento do estado psicológico de estar presente e focado em cada momento. Tornando a pessoa mais consciente e menos reativa as situações do dia a dia, o que ajuda em tomadas de decisões mais assertivas, melhor comunicação, maior inteligência social, menor estresse e maior bem-estar”, finaliza a profissional.

Sobre Wiwi Parra

A psicóloga Wiwi Parra conta com cerca de 17 anos de atuação na área de recursos humanos de grandes empresas nacionais e multinacionais, expertise em Treinamento e Desenvolvimento Profissional, Gestão de Talentos, Desenvolvimento Organizacional e Programas Corporativos de Diversidade e Qualidade de Vida.

Há dois anos assumiu a missão de oferecer treinamentos, palestras, workshops e coaching voltados para o desenvolvimento humano, buscando direcionar e apoiar pessoas em suas trajetórias de crescimento pessoal e profissional. Para tanto, utiliza a proposta do Mindfulness ou Atenção Plena, que utiliza uma família de técnicas de meditação para o treino mental, unidas à fundamentos da psicologia cognitiva-comportamental  e inteligência emocional, e que tem o potencial de promover o bem estar e a harmonia em todos os âmbitos da vida, através do equilíbrio individual e do total estado de atenção a cada momento presente.


ninguem te contou?

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close