EconomiaSlider

Blockchain: Plataforma de gestão de previdência arrecada R$ 1 milhão em moedas virtuais em pré-lançamento

Projeto Auctus usa tecnologia das criptomoedas para potencializar transações e contratos

Projeto Auctus usa tecnologia das criptomoedas para potencializar transações e contratos.

As valorizações recordes e retornos mais atrativos do que investimentos tradicionais popularizaram as moedas virtuais, como Bitcoin e Ethereum, no Brasil. Porém, nem todos os investidores entendem completamente o funcionamento de aplicações baseadas na tecnologia por trás das criptomoedas, a chamada blockchain. A plataforma global de gestão de fundos de pensão Auctus (auctus.org) usa esse potencial com os contratos inteligentes da blockchain do Ethereum.

bit

O projeto foi idealizado inicialmente por engenheiros de softwaree analista de investimentos na área de previdência complementar, todos brasileiros, além de um profissional de finanças suíço. Ele foi desenvolvido com a tecnologia que aumenta a eficiência na manutenção de registros, o compartilhamento de documentos, a confirmação de transações, a execução de contratos e a automação de processos. Os contratos, feitos em códigos de programação registrados na blockchain, são executados de forma descentralizada e não podem ser adulterados.

Utilizando o modelo de ICO (Initial Coin Offering), a Auctus arrecadou mais de 958 Ethers – a moeda virtual da plataforma Ethereum – para financiar o desenvolvimento do projeto durante uma pré-venda realizada no início de outubro. Com o preço de 1 Ether oscilando em torno de US$ 340, foi arrecadado o equivalente a pouco mais de R$ 1 milhão.

Após a bem-sucedida pré-venda, a equipe da Auctus firmou parcerias com profissionais do mercado de pensão norte-americano e planeja lançar, em breve, uma versão de demonstração da plataforma. Informações sobre o ICO principal e sobre o projeto podem ser encontradas no site oficial auctus.org.

(*) Texto elaborado e de resposnabilidade da Auctus

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar